Aniversário de Escada – Cidade bem estar (Poema de Pamela Souza)

Pocket

A poetisa e escritora Pamela Souza homenageia Escada com um belo Poema:

Cidade bem estar

Da minha janela eu vejo
belezas da minha Escada.
Gosto de acordar bem cedo,
ouvir minha cidade calada.

Admirar o sol poente
descendos aos sinuosos relevos
verdemente de cana cobertos,
tão suaves e doces enlevos.

Gosto de passear por Escada,
subir e descer as ladeiras,
sentir na pele os carinhos
das suas brisas fagueiras.

Assistir aos costumes
da sua população pacata.
Meninos a brincar na rua,
vizinhos a prosear na calçada.

Me orgulho da sua história
que meus avós me contaram.
Do seu passado de glória,
dos seus antigos cenários

Não conheço outro lugar
que me traga tanto aconchego,
não comparo a nenhuma outra
cidade do mundo inteiro.

Em ti nasci, em ti cresci,
e sou feliz por, somente,
dizer a quem me pergunte
“sim, sou daqui, sou escadense”.

Comentários do Facebook

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *